Quanto mais difícil, melhor.

40 anos de Toyota no Rali Dakar

Ultrapassando os limites para melhorar.

A TOYOTA GAZOO Racing incorpora o compromisso da Toyota de superar todos os limites para fazer automóveis "cada vez melhores". Sob condições extremas são testadas novas tecnologias, que permitem ultrapassar desafios mais difíceis e encontrar novas soluções para o automobilismo. Uma prova que retrata este espírito mais do que qualquer outro é o Rali Dakar, um evento em que a Toyota tem uma história única. O mais importante é a velocidade, qualidade, durabilidade.

/

Para além do limite!

Abrangendo mais de 9.000km em duas semanas, o Rali Dakar é o evento perfeito para testes de veículos em condições mais extremas que podemos imaginar. A combinação de dunas épicas, rios traiçoeiros e velocidades inacreditáveis, exigem de cada componente do automóvel o limite máximo. Em ambientes exigentes como este, a confiança é fundamental e, portanto, a resistência e fiabilidade dos modelos Toyota, tornam a marca na escolha da maior parte dos condutores participantes.
 


“Em 2016, 42,4% dos veículos que terminaram a prova eram Toyota.”

 

As últimas notícias

Acompanhe o progresso da Toyota no Rali Dakar com algumas das atualizações diárias.

Descubra mais.

Hilux: 50 anos de invencibilidade.

Muitas marcas automóveis criam vídeos para provar o valor de seus automóveis para o YouTube. Mas a Hilux, não tem nada para provar a ninguém. Pois, ao longo de 50 anos, foi conduzida por condutores de todo o mundo e em todo o tipo de condições de extrema exigência. Esta história de confiança fala por si. 

Descubra a Hilux.

Toyota Hilux Dakar

/
Suspensão traseira independente um curso da suspensão maior em 12%.
/
Motor V8 em posição central.
/
Tração Integral (4x4)
/
Menor peso.
/

A Equipa

A TOYOTA GAZOO Racing enfrenta o Dakar de 2018 com uma equipa de três pick-up Hilux. A Toyota Hilux, totalmente nova, conta com uma série de melhorias mecânicas, que prometem uma importante melhoria no seu desempenho. Com mais de 3.000 km de testes, o novo modelo aposta na fiabilidade e durabilidade em comparação com o seu antecessor, apresentado melhorias que fazem com que a equipa acredite num bom resultado.

/
#304

Condutor: Giniel De Villiers

País: África do Sul

Resultados no Dakar: 7 pódios e 1 vitória (2009)

Factos interessantes: Giniel apenas terminou uma vez o Dakar fora do TOP 10 (2007).

/
#304

Condutor: Dirk Von Zitzewitz

País: Alemanha

Resultados no Dakar: Primeiro Dakar em 1997 e 1 vitória (2009)

Factos interessantes: A primeira participação de Dirk no Rali Dakar foi de mota.

/
#301

Condutor: Nasser Al Attiyah

País: Qatar

Resultados no Dakar: 2 vitórias (2011 & 2015)

Factos interessantes: Nasser é um atleta medalhado olímpico na modalidade de tiro ao alvo.

/
#301

Condutor: Mathieu Baumel

País: França

Resultados no Dakar: 1 vitória (2015)

Factos interessantes: Mathieu já foi campeão em 6 categorias de desporto motorizado.

/
#309

Condutor: Bernard Ten Brinke

País: Holanda

Resultados no Dakar: 7º lugar

Factos interessantes: Bernard é proprietário da sua própria cadeia de restaurantes na Holanda.

/
#309

Condutor: Michel Périn

País: França

Resultados no Dakar: 3 vitórias (1994, 1995 & 1996)

Factos interessantes: Michel tornou-se navegador profissional desde 1984.

Guia para o Rali Dakar 2018

/
+ 500 participantes de 60 nacionalidades
/
10.000km de rota
/
10º Edição na América do Sul
/
15 dias de prova

História do Rali

Thierry Sabine fundou o primeiro Rali Dakar em 1978. Originalmente era uma corrida pelo deserto do Saara, onde os participantes podiam competir em qualquer tipo de veículo, desde que tivesse um motor e rodas. O rali continuou no norte de África até 2008, quando foi cancelado devido a preocupações de segurança, e mudou-se para a América do Sul no ano seguinte. A localização pode ser diferente, mas o nome e o espírito do evento permanecem inalterados.
 

Rota do Rali

Apresentando mais de 5.000 km em etapas e mais de 4.000 km de ligações que unem a rota, sete das catorze etapas de Dakar 2018 são executadas completamente fora de estrada ou em dunas, tornando este um dos eventos mais difíceis da história recente.
 
Para a 40ª edição, o 10º a ser realizado na América do Sul, o Rali Dakar retorna ao Peru, com a corrida a iniciar no dia 6 de janeiro na capital, Lima. No dia 12 de janeiro, atravessam a fronteira para a Bolívia. A partir daí, duas etapas adicionais levam as tripulações para o sul através de algumas das partes mais altas da Bolívia, antes de descer para o Norte da Argentina com a linha de chegada em Córdoba no dia 20 de janeiro.
 

/

Saiba Mais sobre TOYOTA GAZOO Racing

A nossa política de privacidade

Utilizamos cookies no nosso site para lhe prestarmos um melhor serviço.  Se concorda, continue a usar o site, ou então veja como gerir as cookies.