SUPRA

História dos carros Desportivos da Toyota (parte 4)

Supra, palavra em latim de significado transcendente e por cima, veio a tornar-se o nome mais apropriada para o carro desportivo, mais famoso da Toyota.

A ascensão do Supra

O início de vida do desportivo mais famoso da Toyota foi como Celica XX ou Celica Supra em determinados mercados. Derivado de um Celica com um motor de 6 cilindros suave e luxuoso, obteve grande êxito no mercado de turismos na América do Norte.

Em 1982 atravessa o oceano Atlântico e chega à Europa com um visual baseado no Celica da terceira geração. Arco de rodas agressivas e alargados e faróis pop-up aliados a um poderoso motor que fazia rodar muitas cabeças por onde quer que passasse.

/
/
 
/
/

A versão mais marcante do Supra chega em 1993, com um design muito influenciado pelo 2000GT. A escolha dos materiais premiava uma redução de peso, permitindo reduzir 100kg em relação ao anterior modelo. Aliado a esta redução de peso foi utilizado um motor bi-turbo de 3 litros apresentado resultados explosivos capaz de deixar para trás os supercarros Italianos e Alemães.

Alem das diversas conquistas no mundo do automobilismo entre 1995 e 2003, ano em que competiu nas 24 horas de Le Mans, bem como a subida a Pikes Peak e muitos campeonatos nacionais e internacionais, o Supra conquistou uma legião de fãs do mundo automóvel por todo o mundo. O ano de 2003 fica marcado pelo fim da produção, mas o espirito supra continua vivo e, aliado a este, o desejo de em breve voltar a ser produzido.

Saiba mais.

COROLLA

History of Toyota sports cars (part 5)

Configurações de Cookies

A Toyota usa cookies no site para lhe poder fornecer um serviço mais completo e funcional. Se está satisfeito com atuação, continue a usar o site normalmente ou descubra como alterar as suas configurações de cookies aqui.

OK