TOYOTA GAZOO Racing vence em Le Mans

pela quarta vez consecutiva

A TOYOTA GAZOO Racing conquistou uma histórica quarta vitória consecutiva nas 24 Horas de Le Mans. Numa corrida dramática, no mítico Circuito de la Sarthe, conseguiu superar as adversidades para se tornar no primeiro vencedor de Le Mans com um hipercarro - o GR010 HYBRID.

Toda a equipa mostrou grande resiliência e nunca desistiu, em particular na segunda metade da corrida quando conseguiu superar um problema no sistema de combustível que ameaçou a corrida de ambos os carros.

Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López, no GR010 HYBRID # 7, finalmente venceram Le Mans pela primeira vez, depois de várias vezes chegar muito próximo e não conseguir superar os seus colegas no Toyota #8. Os campeões mundiais largaram da pole position e lideraram a 89ª edição de Le Mans durante a maior parte da corrida, completando 371 voltas.

Na estreia do novo GR010 HYBRID em Le Mans, os vencedores do ano passado, Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley, conseguiram a “dobradinha” para a equipa, que agora já venceu as quatro corridas desta época do Campeonato Mundial de Resistência (WEC – World Endurance Championship) da FIA de 2021.

Foram 24 horas repletas de incidentes. Logo após o arranque em pista molhada, Sébastien Buemi caiu para o fundo da classificação na primeira volta, quando o seu Toyota #8 foi atingido na traseira pelo Glickenhaus #708. Mike Conway liderou o pelotão desde a pole no Toyota # 7 e, apesar dos dois furos, estabeleceu o ritmo na frente enquanto Sébastien Buemi, apesar de mais infortúnios, subia na classificação com o carro # 8 (O híbrido da Toyota sofreu um dano no aro da roda após contacto com outro carro numa ultrapassagem e um furo).

A chuva na sexta hora de corrida causou vários incidentes, incluindo um safety car de 20 minutos, mas José María López manteve o Toyota #7 na frente e Brendon Hartley manteve um ritmo rápido já em segundo lugar.

A corrida continuou com alguns incidentes que provocaram zonas lentas e a entrada do “safety car” contribuindo para algumas aproximações entre os dois híbridos da Toyota, com os GR010 HYBRID a manter a liderança sobre o pelotão de perseguição, liderado pelo Alpine #36, que estava com uma volta de atraso.

Quando a corrida entrou nas 12 horas finais, Kamui Kobayashi aumentou a liderança do carro #7 para pouco mais de meio minuto, com Brendon Hartley a perseguir o colega de equipa. Quando Kazuki Nakajima assumiu o volante do Toyota #8 após 14 horas, a equipa trocou a dianteira do carro eletrificado para corrigir uma perda no desempenho aerodinâmico causado por pequenos danos.

Com o aproximar do último quarto da corrida, a tensão na garagem da TOYOTA GAZOO Racing cresceu. Um problema no sistema de combustível do carro #8 impediu-o de completar todas as voltas previstas. Após paragens consecutivas de combustível, regressou ao paddock mais cedo, enquanto a equipa trabalhava intensamente para encontrar uma solução.

Com quatro voltas sobre o terceiro colocado Alpine, e sem perspetiva de uma reparação rápida, um notável esforço de equipa testou várias opções até que uma contramedida eficaz fosse desenvolvida. Os pilotos tiveram que ativar uma configuração específica em pontos definidos ao longo da pista para que o carro #8 conseguisse fazer as voltas previstas entre paragens.

Uma solução que se tornou crucial, quando o carro #7 também sofreu um problema semelhante. Kamui e José conseguiram implementar rapidamente a situação e manter uma liderança confortável. Uma boa comunicação entre os pilotos e os engenheiros de corrida de ambos os carros, garantiu que o problema fosse controlado. Os dois japoneses, Kamui e Kazuki assumiram seus respetivos carros para as últimas voltas e fizeram história, ao cruzaram a reta da meta juntos com os primeiros hipercarros em Le Mans.

Resultado das 24 horas de Le Mans (domingo 22 Agosto 2021):

1º  #7 TOYOTA GAZOO Racing                                 371 voltas
2º  #8 TOYOTA GAZOO Racing                                  +2 voltas 
3º  #36 Alpine (Negrão/Lapierre/Vaxiviere)                    +4 voltas       
4º  #708 Glickenhaus (Derani/Mailleux/Pla)                    +4 voltas       
5º  #709 Glickenhaus (Briscoe/Westbrook/Dumas)          +7 voltas       
6º  #41 WRT (Frijns/Habsburg/Milesi)                            +8 voltas       

TOYOTA GAZOO Racing vence em Le Mans pela quarta vez consecutiva

Saiba mais sobre...

Toyota Motor Europe aumenta quota de mercado para 6.7% nos primeiros 9 meses do ano Toyota Motor Europe aumenta quota de mercado para 6.7% nos primeiros 9 meses do ano Toyota Motor Europe aumentou a sua quota de mercado para 6,7% no primeiros 9 meses de 2021 , o valor mais elevado de sempre. A Toyota em Portugal aumentou a sua quota de mercado em +1,2 pontos percentuais, para 5,9%. TOYOTA GAZOO Racing procura o título no Rali da Catalunha 2021 TOYOTA GAZOO Racing procura o título no Rali da Catalunha 2021 A TOYOTA GAZOO Racing World Rally Team está a preparar-se para a penúltima prova do Campeonato Mundial de Ralis 2021 da FIA - o Rali de Espanha nos dias 15 e 17 de Outubro – o Rali de asfalto, disputado a sul de Barcelona, será uma oportunidade para alcançar o título de fabricante e de pilotos. TOYOTA GAZOO Racing apresenta pilotos para nova era no WRC TOYOTA GAZOO Racing apresenta pilotos para nova era no WRC A TOYOTA GAZOO Racing World Rally Team está a preparar-se para entrar em 2022, numa nova era do Campeonato Mundial de Ralis da FIA. Na próxima época, aos comandos dos três Yaris hybrid Rally1 oficiais, a Toyota vai contar com um conjunto de pilotos com experiência comprovada. Toyota assinala 50 anos de produção Europeia Toyota assinala 50 anos de produção Europeia Produção na Europa começou em 1971 na fábrica de Ovar em Portugal. Hoje, a Toyota conta com nove fábricas europeias que produzem aproximadamente 800 mil automóveis por ano. Volume de produção europeia já ultrapassou os 13 milhões de veículos.