Toyota Motor Europe traça o seu caminho

para redução de CO2 a 100% até 2035
  • A Toyota Motor Europe está pronta para redução de CO2 a 100% em todas as vendas de veículos novos até 2035 na Europa ocidental.
  • Percentagem de vendas de veículos zero emissões (ZEV) até 50% em 2030, com capacidade de aumentar ainda mais se a procura dos clientes for maior.
  • Estreia europeia do SUV elétrico a bateria bZ4X – O próximo passo na expansão da gama de veículos zero emissões.
  • Apoio ao avanço da economia de hidrogénio com a produção de módulos de pilha de combustível na Bélgica.
  • Aumento da gama de modelos eletrificados é fundamental para o crescimento de vendas previsto – 1.07 milhões de vendas na Europa em 2021, com um aumento esperado para 2022 de 1.3 milhões.

Bruxelas, 2 de dezembro – No evento Kenshiki Forum, a Toyota Motor Europe (TME) comunicou as mais recentes novidades sobre a sua estratégia para a Europa, partilhando a visão da empresa, novos produtos e desenvolvimentos tecnológicos. Kenshiki em Japonês, significa “capacidade em obter uma compreensão profunda” e no evento deste ano a TME focou-se no compromisso com a neutralidade carbónica, a aceleração do seu plano de eletrificação e o seu papel ativo em construir uma economia do hidrogénio.

Caminho para a neutralidade carbónica
Durante o briefing principal, os executivos da Toyota explicaram a estratégia do grupo Toyota (Toyota e Lexus) para alcançar a neutralidade de carbono o mais rápido possível, minimizando as emissões de carbono no caminho até à neutralidade.

O objetivo de minimizar as emissões de carbono vai ser atingida pela aceleração da eletrificação e oferecendo uma gama diversificada de motorizações eficientes para todos os seus clientes.

Nos próximos anos, a Toyota irá lançar práticos e acessíveis veículos com zero emissões (ZEV), com o bZ4X como o primeiro modelo a ser lançado. Em 2030, espera-se que a percentagem de vendas da ZEV, seja no mínimo de 50% na Europa ocidental com a capacidade para aumentar ainda mais esta percentagem se a procura dos clientes subir.

“Indo para além de 2030, esperamos ver um aumento na procura de veículos zero emissões e a Toyota estará pronta para atingir 100% de redução de CO2 em todos os novos veículos até 2035 na Europa Ocidental, assumindo que iremos ter as infraestruturas de carregamento elétrico e abastecimento de hidrogénio suficientes até lá, juntamente com a capacidade de renovação de energia que será necessária.” afirmou Matt Harrison, presidente e CEO da Toyota Motor Europe

Gill Pratt, chefe-cientista da TMC e CEO da TRI, explicou que o caminho para a neutralidade carbónica é mais eficiente com a diversidade de soluções e tecnologias, devido à grande variedade de mercados no mundo, decorrente de três fatores: diversidade da natureza das fontes de energia entre regiões, as diferentes necessidades de transporte das pessoas e, em terceiro lugar, o imperativo de maximizar o Retorno de investimento de Carbono (CROI) de forma a garantir que o uso das matérias primas escassas das baterias seja otimizado:

“A Toyota está comprometida em tornar milhões de veículos elétricos a bateria disponível para os clientes, de forma a reduzir ao máximo as emissões líquidas de carbono globalmente. Para isso necessitamos de usar todos as soluções da “caixa de ferramentas”, que inclui os veículos eletrificados com a tecnologia híbrida e híbrida plug-in, veículos elétricos a bateria e a hidrogénio, com as proporções otimizadas para fazer o melhor uso das restrições de infraestruturas e circunstâncias do cliente de cada região, e o fornecimento limitado e melhoria no desempenho das baterias.” Gill Pratt, chefe-cientista da TMC e CEO da TRI

Mais detalhes sobre a estratégia para baterias da Toyota, foram partilhadas por Gerald Killmann, o Vice-presidente da TME I&D, após o recente anúncio global de 11,5€ mil milhões na estratégia de investimento para baterias.

Já iniciou a produção da primeira bateria bipolar de hidretos metálicos de níquel (NiMh), que além de usar menos minerais preciosos, tem custo mais baixo com o dobro da densidade de saída de uma bateria NiMh normal.

Ao aplicar técnicas idênticas às baterias de iões de lítio (Li-Ion), combinadas com a eficiência de energia consumida pelo veículo, a Toyota espera ver uma redução de 50% no custo da bateria por veículo, sem deterioração de autonomia, na segunda metade da década de 2020; e assim tornar os veículos elétricos a bateria mais baratos e acessíveis.

Sobre a introdução esperada das baterias de estado solido, Gerald Killmann confirmou que, após os testes de protótipo no ano passado, provavelmente serão introduzidos pela primeira vez em veículos eletrificados com a tecnologia híbrida, antes de uma aplicação mais ampla, que irá incluir veículos elétricos a bateria, com o objetivo de fornecer maior potência, maior autonomia em termos de quilómetros e tempos de carregamento mais curtos.

Gama eletrificada expandida impulsiona crescimento
A TME tem a expectativa de entregar 1,07 milhões de veículos em 2021, com uma quota de mercado estimada de 6.3% - um novo recorde e um aumento de 80 mil unidades comparado com 2020. Em 2022, a TME está a planear vender cerca de 1.3 milhões de veículos e uma quota de mercado de 6.5% - outro novo recorde.

Sustentando o crescimento de vendas antecipado entre 2021 e 2022 de 230 mil, está o forte poder de produto, incluindo modelos assentes na nova plataforma TNGA e a mais alta percentagem de todos os tempos de modelos eletrificados, atualmente em torno de 70%.

É também suportado pela introdução de novos modelos como, o novo bZ4X, o Aygo X, o GR86 e o Corolla Cross.

Kenshiki – Sessões específicas
Por forma a detalhar cada um dos principais temas de produto e tecnologia abordados no Kenshiki. Após a sessão inicial seguiram-se sessões específicas (Deep Dives):

  • Estreia europeia do bZ4X da Toyota, o novo veículo elétrico a baterias, o primeiro de um serie de 7 veículos bZ (beyond Zero) com zero emissões assentes na plataforma dedicada eTNGA.
  • A Lexus revelou os seus planos ambiciosos de crescimento com o lançamento de 20 veículos até 2025, quase duplicando o volume de vendas para 130.000 unidades. Dois novos produtos foram apresentados – o novo modelo eletrificado com a tecnologia híbrida Plug-in o Lexus NX 450h+ e o buggy ROV Concept. A marca mostrou ainda um “teaser” do futuro modelo elétrica a baterias o Lexus RZ
  • Na sessão sobre hidrogénio “H2 Momentum” foi feito o ponto de situação da liderança da Toyota relativamente ao hidrogénio, já que sua tecnologia pode ajudar e descarbonizar a economia em geral, para alem da mobilidade. A tecnologia a pilha de combustível da Toyota já é usada em automóveis, autocarros, camiões, comboios, em barcos e aplicações estacionárias. Foi anunciado que a TME iniciará produção de módulos de pilha de combustível (fuel cell) de 2ª geração, na Bélgica, a partir de janeiro de 2022.
Toyota traça o caminho para redução de CO2 a 100% até 2035

Saiba mais sobre...

Toyota Motor Europe aumenta vendas em 8% em 2021 atingindo um recorde de 6,4% de quota de mercado Toyota Motor Europe aumenta vendas em 8% em 2021 atingindo um recorde de 6,4% de quota de mercado Toyota Motor Europe com um total de vendas de 1.076.300 (Jan-Dez 2021) um aumento de 8%, refletindo a forte procura dos clientes, superando um mercado estável de +1% em 2021 TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup: Calendário aprovado, com quatro ralis em terra e quatro provas em asfalto TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup: Calendário aprovado, com quatro ralis em terra e quatro provas em asfalto O Novo Troféu monomarca criado pela Toyota Caetano Portugal, Toyota Espanha e Motor & Sport Institute (MSi) vai arrancar no último fim de semana de março de 2022, no Rali dos Açores. Toyota Caetano Portugal e Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) estabelecem parceria para 2022 Toyota Caetano Portugal e Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) estabelecem parceria para 2022 Toyota Caetano Portugal e Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) unem forças no sentido de aumentar o entusiasmo em torno do desporto automóvel em Portugal. Após a criação da TOYOTA GAZOO Racing Caetano Portugal em 2021, a Toyota arranca em 2022 com esta nova parceria. TOYOTA GAZOO Racing irá revelar novos desportivos no Salão de Tóquio 2022 TOYOTA GAZOO Racing irá revelar novos desportivos no Salão de Tóquio 2022 TOYOTA GAZOO Racing irá revelar novos desportivos no Salão de Tóquio 2022. Estreia mundial a 14 de janeiro do GR GT3 Concept e versão especial do GR Yaris.