TOYOTA GAZOO Racing vence

pela segunda vez consecutiva as 24H de Le Mans

A TOYOTA GAZOO Racing venceu a 87ª edição das 24 horas de Le Mans com uma “dobradinha” dos híbridos Toyota no circuito de la Sarthe. Depois de várias horas na liderança, a última hora de corrida provou ser dramática para o Toyota TS050 Hybrid #7 de Mike Conway, Kamui Kobayashi e José Maria López.

Um furo lento e um erro da equipa a ler os sensores, e a consequente ida à boxe, acabou por ditar a vitória do Toyota TS050 Hybrid #8 de Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Fernando Alonso por 16.9 segundos, naquele que é o segundo triunfo consecutivo da TOYOTA GAZOO Racing na prova francesa, que encerra a super-época 2018-2019 do Campeonato do Mundo de Endurance da FIA (WEC).

Na 367ª volta, com uma vantagem de mais de dois minutos, o ecrã no volante do Toyota TS050 Hybrid #7 indicou que havia um furo e José Maria Lopez fez uma paragem para substituir o pneu. Um problema no sensor resultou na identificação do pneu errado, o que significou que o carro saiu da box ainda com um furo lento, obrigando-o a uma volta lenta de regresso à box, onde os quatro pneus foram trocados. Deste incidente resultou a perda do primeiro lugar e a vantagem dada a Kazuki Nakajima no Toyota #8.

Os três pilotos do TS050 Hybrid #7 controlaram a maior parte da corrida tendo estabelecido a volta mais rápida em Le Mans, com 17.297 segundos. Ficará para a história do automobilismo o facto de Kazuki Nakajima se tornar o primeiro campeão mundial de circuitos do Japão e o bi-campeão da Fórmula 1, Fernando Alonso, será lembrado por ser o segundo piloto a vencer títulos mundiais em duas disciplinas de automóveis diferentes.

O Toyota #7 começou a corrida na “pole position” após a volta de qualificação mais rápida de Kamui Kobayashi, com o carro #8 a arrancar logo na segunda posição. Estava assim preparado o cenário para uma emocionante batalha pela vitória entre os dois Toyota híbridos com 1.000 cv.

Após 12 horas, os dois TS050 Hybrid estavam separados por apenas 8,6 segundos. Durante a noite, embora os carros estivessem sempre na mesma volta, o carro #7 aproveitou uma importante vantagem quando carro #8 sofreu de um desequilíbrio aerodinâmico, devido a danos na carroçaria.

À medida se aproximavam das 24 horas, a diferença permaneceu relativamente estável em torno de dois minutos e o foco mudou para que os dois Toyota chegassem ao final em segurança. Tudo parecia definido até à troca de líder a uma hora do final.

Para aceder ao Dossier de Imprensa e imagens do Evento:
URL: https://www.tgr-dam.com
*Para aceder ao novo sítio de imprensa, terá que se registar.

TOYOTA GAZOO Racing vence pela segunda vez consecutiva as 24H de Le Mans

Saiba mais sobre...

TOYOTA GAZOO Racing, com Nasser Al-Attiyah, termina o Dakar 2020 em segundo TOYOTA GAZOO Racing, com Nasser Al-Attiyah, termina o Dakar 2020 em segundo O Rali Dakar 2020 chegou ao fim com Nasser Al-Attiyah da TOYOTA GAZOO Racing e o navegador Mathieu Baumel a subir ao 2º lugar do pódio. A dupla, aos comandos da Toyota Hilux, após cerca de 5.000 quilómetros cronometrados pela Arábia Saudita, terminaram a 6 minutos e 21 segundos do 1º classificado. Toyota avança para o futuro da mobilidade a hidrogénio com segunda geração do Mirai Toyota avança para o futuro da mobilidade a hidrogénio com segunda geração do Mirai Toyota avança para o futuro da mobilidade a hidrogénio com 2ª geração do Mirai com um aumento da autonomia até 30%. Com 3 depósitos e um sistema de pilha de combustível eficiente, o elétrico zero emissões, da Toyota é um FCEV – Fuel Cell Electric Vehicle que garante superior dinâmica e a eficiência Toyota RAV4 Plug-in, o novo topo de gama híbrido da marca Toyota RAV4 Plug-in, o novo topo de gama híbrido da marca Toyota RAV4 Plug-in com sistema híbrido de carregamento externo, com 306 cv, 0-100 km/h em 6,2 s, Emissões CO2 de 29 g/km. O SUV da Toyota é o melhor na categoria em termos de autonomia elétrica (EV) permitindo circular em modo 100% elétrico durante mais de 60 km. Vendas no segundo semestre 2020 Toyota anuncia a primeira extensão da gama desportiva GR Supra, com o motor 2.0L Toyota anuncia a primeira extensão da gama desportiva GR Supra, com o motor 2.0L Toyota GR Supra com novo motor a gasolina 2.0L Turbo, 258 cv, 400 Nm de binário e uma aceleração 0-100 km/h em 5,2 segundos. Motor mais leve e compacto, poupa 100 kg, melhorando as características de inércia, para além de uma distribuição de peso perfeita de 50:50. Início das vendas em março 2020.
Configurações de Cookies

A Toyota usa cookies no site para lhe poder fornecer um serviço mais completo e funcional. Se está satisfeito com atuação, continue a usar o site normalmente ou descubra como alterar as suas configurações de cookies aqui.

OK