O regresso da lenda.
Estreia mundial do Toyota GR Supra

Estreia mundial do Toyota GR Supra no salão internacional do automóvel
de Detroit de 2019

O regresso da lenda. Estreia mundial do Toyota GR Supra

• Primeira aparição do novo Toyota GR Supra no NAIAS em Detroit a 14 de janeiro de 2019

• Moderno design “Condensed Extreme”, que destaca a agilidade da potência, evocando também o romanticismo de estilo clássico da herança de automóveis desportivos da Toyota

• Habitáculo de dois lugares com cockpit perfeitamente focado no condutor, inspirado na sensação e disposição dos monolugares de corrida

• Sistema de propulsão desportiva clássica com motor turbo comprimido de seis cilindros em linha com 340 cv e 500 Nm de binário e tração às rodas traseiras

• Distância entre-eixos curta e vias largas alcançam a “relação de ouro” de 1,55 para uma agilidade fora de série e um comportamento excecional

• Primeiras entregas aos clientes a partir do final do verão de 2019

• Primeiro modelo GR global produzido pela TOYOTA GAZOO Racing

O novo Toyota GR Supra, quinta geração do lendário desportivo da Toyota e o primeiro modelo GR global a ser produzido pela TOYOTA GAZOO Racing, faz sua estreia mundial em 14 de janeiro de 2019 no Salão Internacional do Automóvel de Detroit.

O novo Toyota GR Supra foi concebido como um carro desportivo na sua forma mais pura, sem qualquer compromisso que diminuísse o prazer da experiência de condução. O engenheiro-chefe Tetsuya Tada aderiu à fórmula clássica de motor de seis cilindros em linha montado na dianteira que impulsiona as rodas traseiras, aproveitando a herança das antigas gerações Supra da Toyota e do desportivo original 2000GT. 

Os entusiastas da condução podem contar com uma mistura emocionante de potência, agilidade e precisão de comportamento, alcançados graças à combinação de uma curta distância entre-eixos e de vias largas, peso leve, baixo centro de gravidade e carroçaria altamente rígida. O motor de 3.0 litros beneficia de um turbocompressor twin-scroll e produz 340 cv e 500 Nm de binário. Acoplado a uma transmissão automática de oito velocidades, é caraterizado por uma aceleração suave e potente, com grandes quantidades de binário disponível em todo o espectro de velocidades do motor.

A TOYOTA GAZOO Racing foi fundamental para apurar o desempenho deste novo desportivo, trabalhando intensamente na famosa pista de Nürburgring Nordschleife e nas estradas limítrofes na Alemanha, a fim de alcançar a condução mais ágil, estável e envolvente. Outros testes igualmente prolongados foram levados a cabo em estradas por todo o mundo.

Para ter certeza de que o carro cumpriu o que prometia, o presidente da Toyota, Akio Toyoda, testou-o ele próprio em Nürburgring no seu papel de Piloto Mestre antes de dar a luz verde final. As entregas aos clientes do novo Toyota GR Supra terão início a partir do final do verão de 2019, sendo este novo modelo fabricado em Graz, na Áustria.

Design de puro desportivo
Mesmo à primeira vista se torna claro como a herança dos automóveis desportivos da Toyota foi referenciada no design do novo Toyota GR Supra. A influência do 2000GT, em particular, é evidente no capot longo, na carroçaria compacta e no teto com duas bolhas, enquanto a aparência distinta da quarta geração do Supra é capturada no estilo à frente e atrás, especialmente nas asas traseiras e no arco do spoiler integrado.

Os pontos de contacto vão para lá dos que os olhos vêem, no entanto, dado que o novo Toyota GR Supra partilha a mesma fórmula clássica de desportivo dos seus celebrados antecessores, com potente motor de seis cilindros montado na frente e tração traseira.

O tema de design do Toyota Supra foi primeiro injetado pela Toyota no dramático concept-car FT-1, estilizado pelo estúdio CALTY na Califórnia e revelado em 2014 no Salão Internacional do Automóvel de Detroit. O designer-chefe do Toyota Supra, Nobuo Nakamura, deu à sua equipa um breve resumo sobre o conceito "Condensed Extreme", evitando propositadamente quaisquer palavras emotivas para que pudessem expressar a sua visão de um desportivo puro e individual materializada num design verdadeiramente original.

“Com o engenheiro-chefe Tada a tentar proporcionar o máximo de prazer de condução, sabia que a minha missão era criar um design que fosse visualmente e fisicamente entusiasmante para os fãs de carros desportivos”, referiu. “Usando uma configuração de motor dianteiro de seis cilindros em linha e tração traseira - algo raramente visto nos carros de hoje - consegui alcançar algo que vai além dos limites da Toyota”.

O conceito "Condensed Extreme" diz respeito diretamente ao conceito geral do veículo, compreendendo três elementos principais: uma curta distância entre-eixos, rodas grandes e ampla largura; o tenso habitáculo de dois lugares; um capot longo com uma carroçaria compacta que reflete a combinação de sistema motopropulsor de seis cilindros em linha e tração traseira. Nakamura imaginou um carro que é indiscutivelmente moderno no design, mas evoca o romanticismo do estilo dos automóveis desportivos clássicos. O resultado aproximou-se dos limites do que poderia ser fabricado em volumes maiores, em particular as curvas poderosas dos flancos traseiros.

No design final, o tema "Condensed" é evidente na relação entre os pneus de grande diâmetro do Toyota GR Supra, a curta distância entre-eixos e o comprimento total. É notável que a distância entre-eixos seja menor do que no coupé GT86 e que os pneus sejam maiores. "Extreme" é interpretado na postura ampla do carro, com proporções apertadas do habitáculo e vias largas, contribuindo para elevados níveis de manobrabilidade e de estabilidade.

O design foi definido com precisão para que pudessem ser obtidas as caraterísticas ideais de resistência ao arrasto e levantamento e um equilíbrio ideal do peso na dianteira e na traseira. Por exemplo, o teto de dupla bolha não é simplesmente um recurso de estilo inspirado na herança estilística sendo igualmente eficaz na redução do arrasto, reduzindo a área frontal do carro, sem sacrificar o espaço no habitáculo.

O design frontal foi inspirado na quarta geração do Supra, mas com uma aparência ainda mais expressiva, com a baixa postura enfatizada por uma proeminente grelha central ladeada por grandes entradas de ar que são essenciais para o arrefecimento do motor. As óticas principais distintivas têm um arranjo de LED de seis lentes e incorporam os indicadores de mudança de direção e luzes de condução diurna.

Ao posicionar as unidades das lâmpadas mais perto do “nariz” do carro foi conseguido um superior volume visual e torna mais impactantes os flancos dianteiros do tipo concha. Na vista lateral, o baixo capot gera uma linha dinâmica que flui para trás a partir do “nariz” baixo do carro, enquanto a aresta traseira do capot e o spoiler traseiro foram posicionados quase à mesma altura e unidos por uma linha de cintura baixa.

A parte de baixo da carroçaria tem uma ligeira inclinação para a frente, enquanto o habitáculo tem uma forte inclinação para trás, com pilares dianteiros escurecidos e linhas de carácter na secção lateral do tejadilho, enfatizando o compacto e “nervoso” habitáculo. As soleiras robustas e de aparência esculpida ajudam também a expressar a elevada rigidez do carro. Na Europa, o Toyota GR Supra será equipado de série com jantes de liga leve forjadas de 19 polegadas, leves mas altamente rígidas, com finos raios pretos e polidos alternados.

Na parte traseira, o lábio do spoiler em arco foi otimizado para suprimir a elevação, enquanto uma forma trapezoidal no pára-choques traseiro gera uma sensação de movimento para baixo e para fora em direção aos pneus. Os grupos óticos traseiros mostram um simples efeito de anéis internos, enquanto os faróis de nevoeiro traseiros e as luzes de marcha-atrás são formadas por pontos de LED agrupados ao centro do pára-choques inferior.

O estilo evocativo do Toyota Supra será mostrado no seu melhor por uma gama de oito opções de cores diferentes para a pintura, incluindo fortes tons vermelhos, amarelos e azuis. Um novo acabamento Matt Storm Grey estará disponível para uma versão de edição especial, acrescentando drama visual extra e textura parecida com metal às superfícies curvas do carro com acabamento mate e um toque de azul.

Conceito de cockpit: colocando o condutor no centro da ação
O cockpit do condutor no novo Toyota GR Supra combina perfeitamente elementos tradicionais de um GT com funcionalidade ultramoderna. Projetado para ajudar o condutor a concentrar-se inteiramente na sua missão principal é diretamente influenciado pela configuração que existe em monolugares de corrida.

O painel de bordo horizontal, baixo e fino maximiza a visão frontal através do para-brisas, ajudando o condutor a posicionar o carro com precisão em alta velocidade, enquanto os comandos principais estão agrupados para uma operação rápida e fácil. O quadro de instrumentos, a consola central e os acabamentos das portas combinam um design perfeito que confere ao cockpit uma sensação de força e consistência.

A forma do cockpit flui para baixo em direção aos apoios almofadados de joelhos na porta e na lateral da consola central, com formas definidas pela experiência de corridas em circuito da TOYOTA GAZOO Racing.

O head-up display, os medidores e as patilhas para passagem de caixa encontram-se bem à frente do condutor, com interruptores adicionais localizados no volante de três raios. O próprio aro do volante é muito contornado excelente e é envolvido em pele. O visor da instrumentação de alta definição de 8,8 polegadas é claramente visível através do volante, com o conta-rotações de efeito 3D e indicador da transmissão posicionados no centro; à esquerda há um mostrador digital de velocidade e à direita a informação de navegação.

A consola central assimétrica marca uma divisão clara entre a zona do cockpit do condutor que o envolve e o lado do passageiro mais aberto neste habitáculo do Toyota GR Supra. Também aqui existem apoios almofadados para os joelhos. O painel de controlo do ar condicionado surge montado na parte alta da consola, com comutadores de toque com memória para mais fácil operação e por cima da consola há um ecrã multimédia central de 8,8 polegadas. Este monitor pode ser comandado de forma tátil ou através de um comando rotativo.

O espaço para bagagens é suficientemente grande para a bagagem de duas pessoas para um fim de semana e pode ser ampliado através de um painel removível na parte traseira do habitáculo, criando espaço suficiente para um saco de golf ou para todo o kit pessoal necessário para um dia de circuito.

Bancos inspirados nas corridas
Os assentos do novo Toyota GR Supra têm um design influenciado pelo mundo das corridas que garante conforto a todo momento e excelente apoio lateral, especialmente se o carro estiver a ser conduzido em circuito. Os apoios laterais almofadados que seguram os corpos dos ocupantes surgem na parte superior das costas e nos assentos e há um apoio de cabeça integrado. As opções de estofos incluem pele e uma combinação de reforços de apoio em pele com cobertura de Alcantara perfurada para o encosto e assento que proporciona um grau de ventilação e desempenho adicional de sustentação do corpo.

Desempenho do motor
O centro do desempenho do novo Toyota GR Supra é seu motor de seis cilindros em linha de 3.0 litros, produzindo até 340 cavalos de potência e 500 Nm de binário. Dispõe de um turbocompressor twin-scroll, injeção direta de combustível de alta precisão e controlo de válvulas continuamente variável que garante uma entrega de binário líder no seu segmento logo a partir de rotações muito baixas. Trata-se de um motor potente, bem equilibrado, suave e leve, capaz de gerar uma entusiasmante sensação de aceleração.

Está acoplado a uma transmissão automática de oito velocidades que proporciona passagens de caixa rápidas (para cima e para baixo), com relações curtas para as mudanças inferiores; o condutor pode assumir o controlo manual das passagens de caixa usando as patilhas montadas no volante para esse efeito e pode selecionar os modos de condução Normal ou Sport de acordo com as suas preferências e condições.

A função de Controlo de Lançamento permite uma aceleração potente com a máxima motricidade, ajudando o carro a disparar de 0 a 100 km/h em apenas 4,3 segundos. O som e a resposta do motor, o tipo de passagens de caixa, o amortecimento, a direção e o desempenho do diferencial ativo vêem as suas respostas ajustadas quando o condutor seleciona o modo Sport. O Controle de Estabilidade do Veículo tem uma configuração especial de “pista” que pode ser selecionada para reduzir o nível de intervenção do sistema para que o condutor exerça maior controlo sobre o desempenho dinâmico do veículo.

Diferencial ativo
Todas as versões do Toyota GR Supra vendidas na Europa serão equipadas com um diferencial ativo que opera tanto na aceleração quanto na desaceleração e pode ser ajustado de zero até 100% de bloqueio, com resposta imediata. Uma Unidade de Controlo Eletrónico (ECU) específica monitoriza uma ampla gama de sinais, incluindo movimentos do volante pressões nos pedais de acelerador e travão, rotação do motor e movimento de deriva para o acionamento apropriado do atuador.

Este diferencial oferece enormes benefícios em estabilidade e eficiência quando os pneus estão a chegar ao seu limite de desempenho. O efeito é sentido em todas as fases de curvas, com maior estabilidade durante as fases de travagem e ao curvar e, depois maximizando a aderência à medida que o condutor acelera para a saída da curva.

Chassis desenvolvido para um perfeito equilíbrio
As dimensões externas de um automóvel são o primeiro elemento a ser considerado ao começar numa folha de papel em branco. No que diz respeito ao Toyota GR Supra, estas foram definidas com o objetivo de dar prioridade à agilidade e ao comportamento do carro.

O cálculo-chave é a relação entre a distância entre-eixos e a largura de vias, sendo que o melhor equilíbrio entre agilidade e estabilidade é alcançado com um rácio entre 1,5 e 1,6; Alcançar o “Rácio Dourado” de 1,55 foi, portanto, o ponto de partida para a equipa de desenvolvimento do Toyota GR Supra, o principal alicerce sobre o qual todo o restante desenvolvimento foi otimizado.

Programa de desenvolvimento de tratamento intensivo
Foram definidas metas ambiciosas para a resposta de comportamento e estas foram alcançadas através de um programa de desenvolvimento liderado pela TOYOTA GAZOO Racing, que incluiu testes intensos numa ampla variedade de desafiantes estradas em todo o mundo. Os testes em estrada incluíram igualmente sessões em pistas de corrida, incluindo a Nordschleife de Nürburgring.

A alta rigidez estrutural (superior, até, á do superdesportivo Lexus LFA), o centro de gravidade mais baixo do que o do coupé GT86 e a ideal repartição de peso 50:50 entre a dianteira e a traseira foram fundamentais para que se atingissem as metas dinâmicas, mas exigiram arrojadas decisões de engenharia. Por exemplo, o equilíbrio de peso desejado foi obtido movendo o motor o mais para trás possível, o que suscitou novos desafios para a produção.

A alta rigidez da carroçaria permitiu refinamentos mais precisos e detalhados da geometria da suspensão e do ajuste dos amortecedores. O novo design da suspensão é composto por molas MacPherson de dupla articulação na frente e um sistema de cinco braços na traseira. A rigidez dos pontos de montagem do subchassis da suspensão dianteira e do braço de controlo foi elevada ao máximo para proporcionar uma excecional capacidade de curvar, enquanto o uso de alumínio para os braços de controlo e rolamentos giratórios reduz o peso não suspenso do carro, proporcionando agilidade e eficiência de nível superior.

O novo GR Supra possui igualmente cubos de roda de elevado desempenho com uma maior curvatura e cinemática otimizada. A direção assistida elétrica é ajustada para uma resposta desportiva e pode ser usada nos modos Comfort e Sport.

A suspensão traseira beneficia de uma configuração igualmente leve para a subestrutura rígida e as ligações à carroçaria, ajudando a garantir um controlo extremamente preciso dos movimentos das rodas. As jantes de 19 polegadas em alumínio forjado estão envolvidas por pneus Michelin Pilot Super Sport de elevada aderência que são ligeiramente mais largos na traseira do que na frente. Os travões adequadamente potentes são equipados com pinças Brembo de quatro êmbolos.

O Toyota GR Supra é o primeiro modelo GR a ser produzido pela TOYOTA GAZOO Racing para o mercado global.
A TOYOTA GAZOO Racing é a organização que congrega o programa global de desporto automóvel da Toyota que no ano passado ganhou as 24 Horas de Le Mans no Campeonato Mundial de Resistência da FIA e no Campeonato do Mundo de Ralis da FIA (Construtores). O seu trabalho é baseado em três pilares: desenvolver pessoas através da participação no automobilismo; criar fãs através da emoção do automobilismo; e aplicar o conhecimento adquirido no automobilismo para criar carros de estrada cada vez melhores e divertidos de conduzir.

Essa filosofia foi totalmente adotada por Kiichiro Toyoda, o fundador do negócio de produção de automóveis da Toyota, e é partilhado hoje por Akio Toyoda, presidente da Toyota Motor Corporation, para apoiar o compromisso da empresa de fabricar automóveis cada vez melhores.

A começar com o Toyota GR Supra, a TOYOTA GAZOO Racing irá transferir os conhecimentos técnicos adquiridos nos circuitos de corrida ou nos troços de ralis para o desenvolvimento não só das novas gerações dos modelos GR da Toyota como também da sua gama mais ampla de veículos, conduzidos por dezenas de milhões de pessoas em todo o mundo.

Supra 900
Haverá 900 novos proprietários do Toyota GR Supra na Europa durante o primeiro ano de lançamento do carro e, na qualidade de primeiros clientes a reservar o novo desportivo puro, desfrutarão de vários benefícios especiais. Em reconhecimento pelo seu entusiasmo pelo regresso do nome Supra terão acesso a um programa de experiência exclusivo e de recompensas que não podem ser compradas no período que antecede a entrega do carro, a partir do final do verão de 2019.

Toyota GR Supra A90 Edition
O protótipo do Toyota Supra fez uma impressionante estreia internacional quando surgiu diante das multidões no Festival de Velocidade de Goodwood no verão de 2018. “Vestido” com uma camuflagem preta, vermelha e branca, inspirada nas cores da TOYOTA GAZOO Racing, a sua aparição ecoou a herança do famoso código de chassis "A" do Supra com a nova referência "A90".

Para celebrar a herança Supra e a introdução do número de código da quinta geração, será fabricada uma exclusiva versão Toyota GR Supra A90 Edition, com produção limitada a 90 exemplares. A A90 Edition terá um novo e marcante acabamento de pintura mate Storm Gray, equipado com jantes de liga leve negras baças e habitáculo revestido a pele vermelha. Nos demais aspetos, a especificação do equipamento corresponderá à do nível Premium.

O Toyota GR Supra A90 Edition estará apenas disponível numa produção limitada de 90 unidades na Europa e com determinadas restrições para cada país.

O que o Presidente da Toyota, Akio Toyoda, afirmou sobre o Supra:
O presidente da Toyota e mestre piloto Akio Toyoda referiu: “No passado, passei inúmeras horas aos comandos de um Supra antigo em Nürburgring para me tornar um mestre piloto. O Supra é como um velho amigo que ocupa um lugar especial no meu coração.

Enquanto outros fabricantes estavam a colocar os seus belos protótipos em pista para apresentar ao mercado, eu conduzia um Supra antigo que já não estava em produção. Assim mesmo que a Toyota não tivesse planos de fazer um novo Supra, tal como muitos outros fãs do Supra em todo o mundo, eu secretamente queria que isso acontecesse. O novo GR Supra nasceu através de testes em Nürburgring, e posso dizer afirmar com sinceridade que é um carro divertido de conduzir e melhor do que nunca”.

Saiba mais sobre...

Toyota LQ quer criar uma ligação emocional com o condutor Toyota LQ quer criar uma ligação emocional com o condutor O Toyota LQ será exibido na exposição especial “Future Expo” do Salão Automóvel de Tóquio de 2019. O agente de inteligência artificial a bordo "Yui" oferece experiência de condução personalizada. Condução autónoma de Nível 4 (SAE) desenvolvida pela Toyota. Toyota estreia em Tóquio o concept da 2ª geração do Mirai Toyota estreia em Tóquio o concept da 2ª geração do Mirai Exposição especial no Salão Automóvel de Tóquio 2019 mostra o futuro da mobilidade a hidrogénio com o Concept da segunda geração Mirai. O concept do Mirai promete uma autonomia superior em até 30%. Toyota-e-Palette-veiculo-autonomo-na-versao-Toquio-2020 Toyota-e-Palette-veiculo-autonomo-na-versao-Toquio-2020 E-Palette estreia no Salão de Tóquio para apoiar a mobilidade autónoma nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Mobilidade nas aldeias Olímpicas e Paraolímpicas com automação de Nível 4 (norma SAE) Toyota Gazoo Racing e Tãnak vencem o Rali da Grã-Bretanha Toyota Gazoo Racing e Tãnak vencem o Rali da Grã-Bretanha Ott Tänak aumentou a sua liderança no Mundial de Ralis da FIA ao conquistar o máximo de pontos no Rali da Grã-Bretanha. O piloto da TOYOTA GAZOO Racing obteve a 6ª vitória da época ao volante do Yaris WRC, como estabeleceu o tempo mais rápido na Power Stage. Kris Meeke da Toyota terminou em quarto.
Configurações de Cookies

A Toyota usa cookies no site para lhe poder fornecer um serviço mais completo e funcional. Se está satisfeito com atuação, continue a usar o site normalmente ou descubra como alterar as suas configurações de cookies aqui.

OK