Duplo pódio da TOYOTA GAZOO Racing no Rali da Grã-Bretanha

aumenta a liderança no campeonato de construtores

A TOYOTA GAZOO Racing aumentou a sua vantagem no topo da classificação do campeonato de construtores após um duplo pódio no Rali da Grã-Bretanha no País de Gales: o quarto evento consecutivo, onde dois Toyota Yaris WRC terminam entre os três primeiros. Jari-Matti Latvala empenhou-se numa emocionante luta pela vitória, terminando em segundo lugar, com Esapekka Lappi em terceiro.

O Rali da Grã-Bretanha, a antepenúltima prova do campeonato, teve início na sexta-feira à noite com a super especial noturna de 1,7 km, em Tir Prince Raceway na costa norte do País de Gales. Esapekka Lappi foi o piloto mais rápido, 0,3 segundos à frente de Jari-Matti Latvala, que empatou em segundo lugar com outro piloto.

Ott Tänak garantiu que os três Toyota estivessem entre os cinco primeiros a apenas 0,9 segundos do vencedor Lappi.

A manhã de sexta-feira revelou-se desafiante devido à lama muito escorregadia. Ott Tänak, chegou motivado à Grã-Bretanha após três vitórias consecutivas no mundial de ralis e começou o dia a imprimir um forte ritmo, nas rápidas e por vezes estreitas pistas da floresta do norte de Gales.

Na parte da tarde, foi novamente o mais rápido em 2 especiais - apesar de um furo na segunda - terminando o dia em primeiro lugar com quase meio minuto de avanço para o seu rival mais próximo. Depois de terem começado bem o dia, tanto Latvala como Lappi foram melhorando o seu ritmo ao longo do dia, evoluindo a afinação dos seus Yaris WRC.

Latvala terminou o dia em terceiro a apenas 2.5 segundos do segundo classificado, e Lappi em quarto da geral, a apenas 4.6 segundos do seu colega Finlandês.

No sábado, as equipas enfrentaram o dia mais longo da prova, com 150 Km cronometrados, sem passagem pela assistência e divididos em nove etapas no centro do País de Gales. Durante o circuito matinal de cinco etapas, Ott Tänak aumentou sua vantagem para 48 segundos, mas devido a um dano no radiador em SS16 foi obrigado a parar para evitar danos ao motor do Yaris WRC.

Vendo assim goradas as suas aspirações a mais uma vitória no mundial de ralis.

No sábado, as equipas enfrentaram o dia mais longo da prova, com 150 Km cronometrados, sem passagem pela assistência e divididos em nove etapas no centro do País de Gales. Durante o circuito matinal de cinco etapas, Ott Tänak aumentou sua vantagem para 48 segundos, mas devido a um dano no radiador em SS16 foi obrigado a parar para evitar danos ao motor do Yaris WRC.

Vendo assim goradas as suas aspirações a mais uma vitória no mundial de ralis.

No domingo, Latvala conseguiu uma excelente vitória na especial no início da manhã (SS20), levando-o à primeira posição. Continuou a lutar até o final e terminou a apenas 10,6 segundos da vitória, para conquistar o seu terceiro pódio, nos últimos quatro ralis.

Lappi começou o dia com uma margem de apenas 1,7 segundos sobre o piloto em quarto lugar, mas imediatamente aumentou a sua vantagem ao vencer SS19. Terminou o rali com mais de meio minuto de diferença para quarto lugar para alcançar a sua terceira subida ao pódio em cinco provas.

Com os resultados de Latvala e Lappi, a TOYOTA GAZOO Racing amplia a liderança no campeonato de construtores para 20 pontos.

Depois de ser forçado a desistir no sábado à tarde, Ott Tänak recomeçou (em Rally 2) no domingo e conquistou quatro pontos, ficando em segundo lugar com Latvala na Power Stage (SS20). Com dois ralis ainda para pontuar, o Estónio fica a 21 pontos da liderança do campeonato de pilotos.

Citação no último dia do Rali da Grã-Bretanha:

Tommi Makinen (Diretor da Equipa):

“Assistimos hoje a uma luta brilhante de Jari-Matti. Fez tudo o que podia, mas parece que Ogier estava um pouco forte demais desta vez. É bom ver duas duplas nossas no pódio novamente, e este resultado significa que estamos no bom caminho no campeonato dos construtores. Obviamente, ainda estamos desapontados com o que aconteceu com Ott no sábado.

Torna a luta pelo título de pilotos mais difícil, mas ainda há muitos pontos disponíveis e ele é claramente o piloto mais forte agora, por isso tudo ainda pode mudar. Acredito que nada será decidido até à última prova na Austrália.”

Classificação final do Rali da Rali da Grã-Bretanha  (Domingo - para mais informação: www.wrc.com)

1 Sebastien Ogier/Julien Ingrassia (Ford Fiesta WRC) 3h06m12.5s
2 Jari-Matti Latvala/Miikka Anttila (Toyota Yaris WRC) +10.6s
3 Esapekka Lappi/Janne Ferm (Toyota Yaris WRC) +35.1s

4 Craig Breen/Scott Martin (Citroen C3 WRC) +1m10.4s
5 Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC) +1m14.4s
6 Andreas Mikkelsen/Anders Jaeger (Hyundai i20 Coupe WRC) +1m15.9s
7 Hayden Paddon/Seb Marshall (Hyundai i20 Coupe WRC) +1m18.4s
8 Mads Ostberg/Torstein Eriksen (Citroen C3 WRC) +1m21.6s
9 Kalle Rovanpera/Jonne Halttunen (Skoda Fabia R5) +9m14.7s
10 Pontus Tidemand/Jonas Andersson (Skoda Fabia R5) +10m48.9s
19 Ott Tänak/Martin Järveoja (Toyota Yaris WRC) +20m38.9s

Duplo pódio da TOYOTA GAZOO Racing no Rali da Grã-Bretanha

Saiba mais sobre...

Toyota põe festivaleiros com a "cabeça à roda" no MEO Sudoeste Toyota põe festivaleiros com a "cabeça à roda" no MEO Sudoeste De 6 a 10 de agosto na Zambujeira do Mar, o Toyota C-HR, a viatura oficial dos festivais de música de verão, promete, não só dar boleias grátis aos milhares de festivaleiros do MEO Sudoeste, mas também deixá-los de “cabeça à roda”. Toyota e BYD com acordo de desenvolvimento de 100% elétricos Toyota e BYD com acordo de desenvolvimento de 100% elétricos Acordo para o desenvolvimento conjunto de veículos 100% elétricos (BEV) inclui o desenvolvimento conjunto de sedans e SUV em plataforma rebaixada. Com o lançamento previsto de BEV na China na primeira metade de 2020. Toyota e CATL com acordo para baterias em carros elétricos Toyota e CATL com acordo para baterias em carros elétricos Toyota e CATL com acordo que inclui não apenas o fornecimento de baterias, mas também a evolução e o desenvolvimento de baterias para 100% elétricos (BEV) veículos híbridos plug-in (PHEV) e a pilha de combustível (FCEV). Toyota APM, um veículo para pessoas com mobilidade reduzida Toyota APM, um veículo para pessoas com mobilidade reduzida Toyota 100 elétrico (BEV) para transporte de última milha (last mile), para apoio e socorro de funcionários e visitantes durante os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.
Configurações de Cookies

A Toyota usa cookies no site para lhe poder fornecer um serviço mais completo e funcional. Se está satisfeito com atuação, continue a usar o site normalmente ou descubra como alterar as suas configurações de cookies aqui.

OK