Toyota movido a hidrogénio

é conduzido pela primeira vez em Portugal

• O Toyota Mirai, primeiro sedan do mundo movido a pilha de combustível, foi conduzido pela primeira vez em Portugal.

• Pioneiro Toyota Mirai integrou evento realizado na Base Aérea da Ota para celebrar os 20 anos da Tecnologia Híbrida que contou com a presença das quatro gerações do modelo Prius.

• A eletricidade que alimenta o motor elétrico do Mirai é criada através de uma compacta pilha de combustível, onde o oxigénio reage com o hidrogénio, emitindo apenas vapor de água.

O Toyota Mirai esteve pela primeira vez em Portugal entre os dias 20 a 26 de Outubro.

O veículo a pilha de combustível foi apresentado à imprensa nacional integrado num evento de celebração dos 20 anos da tecnologia híbrida.

Para além da condução das 4 gerações do Prius, a imprensa nacional teve oportunidade de conduzir o inovador veículo movido a hidrogénio.

Da mesma forma que a Toyota foi pioneira com a tecnologia híbrida em 1997 com o Prius - o primeiro híbrido de produção em série - em 2014 a Toyota apresentou ao mundo o Toyota Mirai, no entanto, a aventura da Toyota data de 1992, quando começou o desenvolvimento da tecnologia de Pilha de Combustível (FC – conjunto de células que formam a pilha).

As tecnologias de base (módulo FC e depósitos de hidrogénio) foram integradas e desenvolvidas através de vários protótipos FCV (Fuel Cell Vehicles) e o resultado deste trabalho culminou na produção em série do Toyota Mirai

Mirai, é a expressão Japonesa que significa futuro, daí ter sido escolhida para designar o primeiro sedan do mundo movido a pilha de combustível.

A eletricidade que alimenta o motor elétrico do Mirai é criada através de uma compacta pilha de combustível, onde o oxigénio reage com o hidrogénio, não emitindo outras emissões que não seja apenas vapor de água.

Até à data, já foram vendidas mais de 3500 Toyota Mirai desde o início da sua comercialização em 2015 e está à venda no Japão, Califórnia, Alemanha, Reino Unido, Dinamarca, Bélgica, Holanda, Suécia e Noruega.

Para além do facto de ser “zero emissões”, uma das principais vantagens do Toyota Mirai é o abastecimento rápido (3 a 5 minutos) para a autonomia alcançada (550Km em ciclo NEDC), porém o processo para produzir o combustível não está ainda totalmente implementado na Europa, nem existem ainda postos de carregamento em Portugal.

Existem, no entanto, vários países a impulsionar o processo, produzindo hidrogénio a partir de energia eólica e solar fotovoltaica excedente.

Yoshikazu Tanaka engenheiro-chefe do Toyota Mirai afirmou aquando do seu lançamento: “A expansão da infraestrutura de abastecimento necessária aos FCVs provavelmente vai demorar 10 a 20 anos, ou talvez até mais.

É definitivamente um caminho longo e desafiante. No entanto, a bem do futuro, é um caminho que temos que percorrer.”

Toyota movido a hidrogénio é conduzido pela primeira vez em Portugal

Saiba mais sobre...

Toyota e JAXA iniciam projeto de veículo elétrico lunar Toyota e JAXA iniciam projeto de veículo elétrico lunar A Toyota Motor Corporation e a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) assinaram um acordo de pesquisa conjunta para três anos. O projeto conjunto irá desenvolver um veículo elétrico lunar tripulado e pressurizado, que utiliza a tecnologia de pilha de combustível (hidrogénio). Toyota e Denso desenvolvem componentes para carros autónomos Toyota e Denso desenvolvem componentes para carros autónomos Parceria procura acelerar investigação e desenvolvimento para a mobilidade do futuro, que a Toyota designa como veículos CASE (Connected, Automated, Shared, Electrified) Conectados, Autónomos, Partilhados e Eletrificados. Toyota inicia testes de condução autónoma na via pública em Bruxelas Toyota inicia testes de condução autónoma na via pública em Bruxelas Veículo autónomo, com condutor de segurança, irá circular no centro da cidade de Bruxelas. Objetivo da Toyota é estudar o impacto da diversidade do comportamento humano em sistemas de condução autónoma. Toyota na Europa com mais de 50% de híbridos no 1º semestre Toyota na Europa com mais de 50% de híbridos no 1º semestre Toyota Motor Europe vendeu 578.400 viaturas no 1º semestre de 2019. Aumento da quota para 5,3%. Mais 18% de híbridos face a 2018. Híbridos são mais de 50% das vendas da TME. Em Portugal de Janeiro a Junho 2019, o mix de híbridos Toyota e Lexus.
Configurações de Cookies

A Toyota usa cookies no site para lhe poder fornecer um serviço mais completo e funcional. Se está satisfeito com atuação, continue a usar o site normalmente ou descubra como alterar as suas configurações de cookies aqui.

OK