TOYOTA GAZOO Racing

vence as 6 horas de Silverstone

O TOYOTA TS050 HYBRID #8 de Sébastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima venceu a prova inaugural do Campeonato Mundial de Endurance 2017 WEC

O TS050 hybrid #8 de Sébastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima venceu a prova inaugural do Campeonato Mundial de Endurance 2017

A TOYOTA GAZOO Racing alcançou a vitória nas 6 Horas de Silverstone numa emocionante primeira ronda do Campeonato Mundial de Endurance FIA 2017 (WEC).

Numa corrida dramática marcada por aguaceiros frequentes, o TS050 HYBRID #8 de Sébastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima alcançou a vitória nos 15 minutos finais diante de 50.200 espectadores que visitaram o circuito britânico no fim de semana.

Além dos tradicionais troféus entregues aos vencedores, a equipa do Toyota #8 também recebeu o Royal Automobile Club International Tourist Trophy, entregue desde 1905 e recebido por lendas do automobilismo, como Tazio Nuvolari, Graham Hill e Stirling Moss.

O TS050 HYBRID #7 de Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López que largou na primeira posição da grelha de partida e durante a corrida registou a volta mais rápida, perdeu mais de uma hora devido a um acidente e terminou em 23º lugar. O piloto visitou o centro médico no circuito, viajando depois para o hospital apenas por precaução onde se confirmou que não sofreu qualquer lesão.

Embora a corrida tenha começado com uma pista seca, temperaturas baixas e com os dois TOYOTA em primeiro e segundo, 45 minutos depois do arranque os aguaceiros tornaram a prova muito emocionante. Aliás a chuva continuou a cair de forma intermitente ao longo de toda a prova.

Próximo da segunda paragem nas boxes, o carro #7 sofreu um problema de barra estabilizadora que criou dificuldades obrigando o Kamui Kobayashi a cair para a quarta posição.

Anthony Davidson, agora ao volante do carro #8, assumiu a liderança e uma batalha interessante com o Porsche #2. Mas com duas horas decorridas de prova a meteorologia voltou a criar uma situação difícil.

Ambos os TS050 HYBRID permaneceram com pneus slick durante todo esse tempo, ao contrário dos Porsche que trocaram para pneus intermediários. Kamui Kobayashi perdeu tempo na gravilha quando a chuva estava mais pesada, enquanto Anthony Davidson no carro #8 caiu para o segundo lugar.

Mas como as condições melhoraram e os Porsche realizaram uma paragem extra para pneus slick, Anthony Davidson recuperou o primeiro lugar. Mas a chuva veio logo depois da meia distância, ditando o fim da luta do carro #7 pelos lugares da frente. José María Lopéz, lutando com o comportamento difícil do carro, foi contra uma barreira de pneus, causando danos significativos na frente e traseira do Toyota.

Apesar do aparato, o carro regressou à box e os mecânicos trabalharam intensamente para reparar os danos. Após 66 minutos na garagem, Mike regressou à pista em 26º lugar.

Com o acidente, o “safety car” reduziu significativamente a vantagem do Toyota #8 sobre o Porsche #2. A luta renhida continuou durante as duas horas finais, criando uma luta intensa, com Sébastien Buemi aos comandos do TS050 HYBRID.

Com apenas 30 minutos para o final da corrida o Porsche #2 saiu das boxes após a sua ultima paragem, com uma liderança de apenas oito segundos. Apesar dos aguaceiros Sébastien Buemi obteve a liderança com um andamento por volta muito rápido, ultrapassando o Porsche #2 quando restavam apenas 12 minutos para terminar a corrida com 6.173 segundos de avanço.

A equipa prepara-se para a segunda ronda da temporada, as 6 Horas de Spa-Francorchamps na Bélgica, a última corrida antes das 24 Horas de Le Mans. Spa irá marcar a estreia da Toyota com três carros LMP1 híbridos, com a entrada do TS050 HYBRID #9 de Stéphane Sarrazin, Yuji Kunimoto e Nicolas Lapierre.

Toshio Sato - Presidente da Equipa: "Foi uma corrida dramática, mas depois do acidente a primeira prioridade é o José María Lopéz. Estamos descansados agora que ele está bem. Apesar do nosso forte desempenho na qualificação, sabíamos que a Porsche seria um adversário muito mais difícil na corrida. A equipa inteira funcionou bem e lutou até ao final. Claro que é dececionante não ter dois carros no pódio, mas estou orgulhoso da equipa pela sua determinação e luta hoje, especialmente os mecânicos que trabalharam tão rapidamente para conseguir que o carro #7 regressasse à pista.

No geral, estou satisfeito com o apoio aerodinâmico do TS050 HYBRID, que mostrou um forte desempenho ao longo desta semana. Agora precisamos de aperfeiçoar a aerodinâmica para Spa-Francorchamps e estamos ansiosos para voltar a lutar com a Porsche na frente."

Resultados finais da TOYOTA GAZOO Racing:
TS050 HYBRID #7 (Mike Conway, Kamui Kobayashi, José María López)

Terminou em: 23º, 159 voltas, 6 paragens. Posição na grelha de partida: 1º.
Volta mais rápida: 1min 39.656seg

TS050 HYBRID #8 (Sébastien Buemi, Anthony Davidson, Kazuki Nakajima)
Terminou em: 1º, 197 voltas, 6 paragens. Posição na grelha de partida: 2º.
Volta mais rápida: 1min 39.804seg

Classificação final das 6 Horas de Silverstone:
1º #8 TOYOTA GAZOO Racing 197 voltas
2º #2 Porsche (Bernhard/Bamber/Hartley) +6.173seg
3º #1 Porsche (Jani/Lotterer/Tandy) +46.956seg
4º #38 DC Racing (Tung/Jarvis/Laurent) +13 voltas
5º #31 Rebellion (Canal/Prost/Senna) +13 voltas
6º #28 TDS (Perrodo/Vaxiviere/Collard) +14 voltas
23º #7 TOYOTA GAZOO Racing +38 voltas

Para fotografias (Alta Res. Sem Copyright): http://www.toyota-motorsport-photos.com
e video do TS050 HYBRID em: http://newsroom.toyota.eu/

TOYOTA GAZOO Racing vence as 6 horas de Silverstone

Saiba mais sobre...

A nossa política de privacidade

Utilizamos cookies no nosso site para lhe prestarmos um melhor serviço.  Se concorda, continue a usar o site, ou então veja como gerir as cookies.