Bom ritmo do Toyota Yaris WRC de Hänninen

no asfalto assegura quarto lugar em Espanha

O Rali da Catalunha é o único evento misto do mundial de Ralis com a primeira etapa disputada em piso de terra e o segundo e terceiros dias em asfalto.

Depois de um início de rali muito desafiante na sexta-feira, a TOYOTA GAZOO Racing teve um ótimo desempenho no asfalto, no sábado e domingo.

Depois de um primeiro dia cauteloso, Juho Hänninen foi o mais rápido por duas vezes e o segundo mais rápido nos restantes troços em asfalto de sábado, subindo de oitavo para um excelente quarto lugar da geral, posição que manteve até ao final do Rali.

Hänninen, é o piloto que mais horas tem ao volante do Yaris WRC e mostrou toda a sua experiência ao volante do Toyota, com um desempenho notável em asfalto num rali onde competiu passados seis anos.

O piloto finlandês da TOYOTA GAZOO Racing terminou ainda em quinto na “power stage” alcançando mais um ponto.

Esapekka Lappi, que partiu para o último dia em sexto lugar, embateu numa barreira e foi obrigado a desistir. Jari-Matti Latvala também desistiu, apesar de ter sido o mais rápido numa das especiais da manhã no primeiro dia, devido a danos na parte inferior do Yaris WRC foi impedido de continuar em prova no sábado.

Tommi Mäkinen (Diretor da Equipa)

"Estou realmente satisfeito com o resultado do Juho. Foi difícil para os três pilotos na sexta-feira, mas o desempenho do carro no asfalto foi fantástico e o Juho conduziu realmente muito bem. Foi brilhante ver os resultados do trabalho árduo que a equipa colocou.

Foi uma pena o que aconteceu com Esapekka no domingo, mas tenho certeza que ele aprendeu muito este fim de semana. Também estou triste que o Rali de Jari-Matti tenha terminado tão cedo, mas o potencial parece ser bom para o futuro".

Classificação ao final do 3º dia:
1 Kris Meeke/Paul Nagle (Citroen C3 WRC) 3h01m21.1s
2 Sebastien Ogier/Julien Ingrassia (Ford Fiesta WRC) +28.0s
3 Ott Tanak/Martin Jarveoja (Ford Fiesta WRC) +33.0s
4 Juho Hänninen/Kaj Lindström (Toyota Yaris WRC) +54.1s

5 Mads Ostberg/Torstein Eriksen (Ford Fiesta WRC) +2m26.2s
6 Stephane Lefebvre/Gabin Moreau (Citroen C3 WRC): +2m43.0s
7 Elfyn Evans/Daniel Barritt (Ford Fiesta WRC) +4m37.4s
8 Teemu Suninen/Mikko Markkula (Ford Fiesta R5) +8m22.7s
9 Jan Kopecky/Pavel Dresler (Skoda Fabia R5) +8m54.5s
10 Ole Christian Veiby/Stig Rune Skjaermoen (Skoda Fabia R5) +9m04.8s

Esapekka Lappi/Janne Ferm (Toyota Yaris WRC) - Desistiu
Jari-Matti Latvala/Miikka Anttila (Toyota Yaris WRC) - Desistiu

Classificação do Campeonato de Pilotos do Mundial de Ralis FIA 2017 ao final do 11º Rali:
1 Sebastien Ogier 198
2 Ott Tanak 161
3 Thierry Neuville 160

4 Jari-Matti Latvala 123
5 Dani Sordo 94
6 Elfyn Evans 93

7 Juho Hänninen 71
8 Craig Breen 64
9 Kris Meeke 60
10 Hayden Paddon 55
11 Esapekka Lappi 49

Classificação do Campeonato de Fabricantes do Mundial de Ralis FIA 2017 ao final do 11º Rali:
1 M-Sport World Rally Team 358
2 Hyundai Motorsport 275

3 TOYOTA GAZOO Racing WRT 225
4 Citroen Total Abu Dhabi World Rally Team 198
(Resultados às 15:00 de domingo 8 de outubro de 2017, para mais informação: www.wrc.com)

A próxima ronda do Campeonato Mundial de Ralis da FIA é o Rali da Grã-Bretanha/Gales nos dias 26 a 29 de outubro. A prova no país de Gales é a penúltima do calendário e ocorre habitualmente com condições atmosféricas adversas e muita lama, nevoeiro e por vezes até gelo.

Para mais informação sobre da equipa e imagens aceda ao link: http://toyotagazooracing.com

NOTA:
- Este site para imprensa é protegido.
- Para aceder (obter password), por favor envie um email para o Gabinete de Relações Públicas da TOYOTA GAZOO Racing: tgr_pr@rights-apartment.com

Bom ritmo do Toyota Yaris WRC de Hänninen no asfalto assegura quarto lugar em Espanha

Saiba mais sobre...

TOYOTA GAZOO Racing, com Nasser Al-Attiyah, termina o Dakar 2020 em segundo TOYOTA GAZOO Racing, com Nasser Al-Attiyah, termina o Dakar 2020 em segundo O Rali Dakar 2020 chegou ao fim com Nasser Al-Attiyah da TOYOTA GAZOO Racing e o navegador Mathieu Baumel a subir ao 2º lugar do pódio. A dupla, aos comandos da Toyota Hilux, após cerca de 5.000 quilómetros cronometrados pela Arábia Saudita, terminaram a 6 minutos e 21 segundos do 1º classificado. Toyota avança para o futuro da mobilidade a hidrogénio com segunda geração do Mirai Toyota avança para o futuro da mobilidade a hidrogénio com segunda geração do Mirai Toyota avança para o futuro da mobilidade a hidrogénio com 2ª geração do Mirai com um aumento da autonomia até 30%. Com 3 depósitos e um sistema de pilha de combustível eficiente, o elétrico zero emissões, da Toyota é um FCEV – Fuel Cell Electric Vehicle que garante superior dinâmica e a eficiência Toyota RAV4 Plug-in, o novo topo de gama híbrido da marca Toyota RAV4 Plug-in, o novo topo de gama híbrido da marca Toyota RAV4 Plug-in com sistema híbrido de carregamento externo, com 306 cv, 0-100 km/h em 6,2 s, Emissões CO2 de 29 g/km. O SUV da Toyota é o melhor na categoria em termos de autonomia elétrica (EV) permitindo circular em modo 100% elétrico durante mais de 60 km. Vendas no segundo semestre 2020 Toyota anuncia a primeira extensão da gama desportiva GR Supra, com o motor 2.0L Toyota anuncia a primeira extensão da gama desportiva GR Supra, com o motor 2.0L Toyota GR Supra com novo motor a gasolina 2.0L Turbo, 258 cv, 400 Nm de binário e uma aceleração 0-100 km/h em 5,2 segundos. Motor mais leve e compacto, poupa 100 kg, melhorando as características de inércia, para além de uma distribuição de peso perfeita de 50:50. Início das vendas em março 2020.
Configurações de Cookies

A Toyota usa cookies no site para lhe poder fornecer um serviço mais completo e funcional. Se está satisfeito com atuação, continue a usar o site normalmente ou descubra como alterar as suas configurações de cookies aqui.

OK