Corrida frustrante no Bahrein

para a TOYOTA GAZOO Racing

Última corrida da época revelou-se frustrante para a TOYOTA GAZOO Racing nas 6H de Bahrein, a última corrida do Campeonato Mundial de Endurance FIA 2016.

O TS050 HYBRID #5 de Anthony Davidson, Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima foi o primeiro TOYOTA terminando em 4º lugar, sendo apenas a terceira vez em toda a época em que a equipa TOYOTA GAZOO Racing não subiu ao pódio.

Stéphane Sarrazin, Mike Conway e Kamui Kobayashi no carro #6 iniciaram a corrida com a possibilidade de alcançar o título do Campeonato Mundial de pilotos, mas o quinto lugar não foi suficiente para destronar a tripulação do Porsche nº 2 de Romain Dumas, Neel Jani e Marc Lieb.

A tripulação do carro #6 terminou a temporada em terceiro lugar no campeonato mundial de pilotos, 15 pontos atrás dos primeiros, com o carro #5 em 8º lugar após uma série de infortúnios ao longo da época.

No balanço final da época, composta por nove corridas, a TOYOTA alcançou uma vitória, sete pódios e 229 pontos com o TS050 HYBRID, terminando na terceira posição no Mundial de Construtores.

As 6H de Bahrein representavam a despedida da equipa da Audi. A TOYOTA GAZOO Racing marcou a ocasião com a colocação de mensagens em ambos TS050 HYBRID e apresentando uma faixa comemorativa ao chefe da Audi Motorsport Dr. Wolfgang Ullrich.

Quando a corrida começou, Kamui Kobayashi no carro #6 esteve numa luta renhida com o Audi Nº7, mas não conseguiu manter-se à frente mantendo a pressão em quinto lugar, com o Sébastien Buemi logo a seguir no outro TS050 HYBRID.

Com o pôr-do-sol e a escuridão a tomar conta do Circuito Internacional do Bahrein, depois de quase uma hora, o Porsche No. 2 foi vítima de um furo, elevando o carro #5 para o quarto lugar e o carro # 6 para quinto.

A ordem permaneceu inalterada ao longo da primeira metade da corrida, com as temperaturas da pista a cair ligeiramente com a chegada da noite. Mas após metade da corrida os dois TS050 HYBRID trocaram de posição várias vezes, tanto nos boxes como em pista.

Num fim de semana frustrante para a TOYOTA GAZOO Racing, o Porsche Nº 1 permaneceu fora do alcance num seguro terceiro lugar apesar de todos os esforços dos pilotos da marca nipónica. Com o final da corrida, Sébastien Buemi cruzou a linha em quarto lugar, uma volta atrás do vencedor Audi Nº8, seguido de Mike Conway que chegou 38.685segs depois.

O foco da TOYOTA GAZOO Racing agora vai mudar para a preparação da época de 2017, com um cronograma de testes de pré-temporada intensa para afinar um TS050 HYBRID a tempo da corrida inaugural, em Silverstone, a 16 de Abril.

Esses preparativos começam já no domingo, com uma sessão de treinos de dois carros no Bahrein e que também prometem ser a estreia do piloto LMP2 o Pipo Derani no TS050 HYBRID como parte da iniciativa de pilotos novatos (Rookies) no WEC.

Toshio Sato, Presidente da equipa: "Estávamos à espera de mais nesta corrida. Demos tudo para estar no pódio novamente mas a nossa velocidade não foi suficiente comparado com o desempenho excecional da Audi. Não só foi a última corrida de uma temporada difícil como também dissemos adeus a um grande concorrente.

Vamos ter saudades de competir na classe LMP1 com três fabricantes. Parabéns à Audi por terminar a sua época no WEC com uma merecida vitória e parabéns aos pilotos no Porsche No. 2 por se tornarem campeões do mundo. Vamos agora concentrar-nos em 2017, onde vamos voltar mais fortes e prontos para lutar na frente".

TS050 HYBRID #5
Anthony Davidson / Sébastien Buemi / Kazuki Nakajima
Corrida: 4ª posição - 200 voltas
Paragens na boxe: 6
Volta mais rápida: 1: 42.867 segs

TS050 HYBRID #6
Stéphane Sarrazin / Mike Conway / Kamui Kobayashi
Corrida: 5ª Posição - 200 voltas
Paragens na boxe: 6
Volta mais rápida: 1:46.822 segs

Corrida frustrante no Bahrein para a TOYOTA GAZOO Racing
A nossa política de privacidade

Utilizamos cookies no nosso site para lhe prestarmos um melhor serviço.  Se concorda, continue a usar o site, ou então veja como gerir as cookies.